Qax – Roteiro de 2 dias – Viajar no Azerbaijão

Qax tem cerca de treze mil habitantes e localiza-se no norte do Azerbaijão, próximo das fronteiras com a Rússia e com a Geórgia. Ali começam as montanhas do Grande Cáucaso, e o rio Kurhumchai corre por perto.

Trata-se de uma pequena aldeia, cuja visita pode ser efectuada a pé. É um excelente ponto de paragem para quem quer que viaje do Azerbaijão para a Geórgia ou vice-versa, podendo num par de dias oferecer uma oportunidade para descansar, sentir o pulsar da vida nas remotas montanhas azéris, fazer uns bons passeios pela natureza e visitar as aldeias que lhe estão próximas.

A viagem

De Baku existem ligações rodoviárias para Qax, com diversas partidas diárias. É uma viagem que demora cerca de seis horas. Existem carrinhas a assegurar outras ligações, nomeadamente com Ganja e com Tbilissi. Para a capital georgiana há umas três ligações diárias, custando o bilhete 8 AZN. Quanto a Sheki, Existem duas ligações por dia, demorando o trajecto cerca de duas horas.

Opcionalmente pode usar o comboio para chegar a Qax, mas tenha em conta que a estação fica a uns 20 km da aldeia e terá que arranjar um transporte para o centro.

O que ver e fazer em Qax

Mercado de Icheri

O mercado ou bazar de Icheri remonta ao início do século XVIII, e as muralhas que se podem ver junto à área que ocupa foram reconstruídas pelos soldados russos, depois do sultanato de Ilisu ter sido anexado em 1803.

Museu de História

Este pequeno museu tem uma exposição que cobre a história da região, desde a Antiguidade até ao século XX, com artefactos arqueológicos e etnográficos que incluem armas, ferramentas e trajes tradicionais. Junto ao museu existe uma igreja ortodoxa caucasiana e um velho cemitério.

Igreja Ortodoxa de São Jorge

A igreja de São Jorge está ligada ao ortodoxismo georgiano. Localiza-se na estrada principal da aldeia, a meio caminho entre o Museu de História e o Mercado.

Ilisu

Ilisu foi a capital de um sultanato, anexado pelos russos no início do século XIX. Em 1844 houve uma tentativa de expulsar os eslavos, mas fracassou, com uma derradeira batalha, junto à povoação, a determinar o vencedor. A aldeia foi seguidamente arrasada pelos russos que se mantiveram na área até ao colapso da União Soviética e à independência do Azerbaijão.

De Qax há partidas frequentes de carrinhas em direcção a Ilisu, talvez a cada hora. Note a ponte, datada do século XVI, por onde passará à chegada à aldeia. A queda de água que existe na periferia da povoação, a uns 30 minutos a pé desde o estacionamento mais próximo, é um dos principais atractivos de Ilisu.

Saribash

Saribash é outra aldeia de montanha. Tranquila, habitada por gente hospitaleira e rodeada de picos montanhosos quase sempre cobertos de neve, é uma excelente opção para quem esteja instalado em Qax. O percurso até Saribash – acessível unicamente a viaturas todo-o-terreno – é especialmente pitoresco, e promete uma boa aventura.

Qum

Nesta aldeia,a um par de quilómetros a norte de Qax, existem várias ruínas de igrejas albaneses do século XVI, com especial destaque para as da Basílica da Mãe de Deus. Esta, tem 36 metros de comprimento e 19 de largura, vendo-se os vestígios de três naves, suportadas por arcos.